03 janeiro 2014

Desaparecimento de Jake McConachy

Aos cinco anos de idade, Jake McConachy que morava em Nova Gales do Sul, Austrália, desapareceu misteriosamente numa noite em torno de 07:00 - 07:45pm. Logo depois que os pais alegaram haver um estranho comportamento na casa.


"Nós estávamos apenas limpando o jantar, lavando os pratos e as coisas, nós dois estávamos na cozinha. Quando a nossa energia elétrica começou a falhar seriamente. Nossa água corrente nos pratos parou, e nossa TV perdeu o sinal. Nossa filha mais velha Chloe estava em seu quarto e não viu nada, mas disse que suas luzes e o computador também falharam."


"Nosso tempo estava bom, sem tempestades para derrubar linhas de energia. Era uma noite bastante quente."


"Em seguida, ele parou. Assim mesmo. Tudo estava de volta, até tivemos a nossa água corrente novamente. Mas Jake estava ausente."

Depois de uma cuidadosa inspeção na residência da família McConachy, não foram encontrados sinais de que a criança saiu de casa. No entanto, foram descobertas algumas imagens perturbadoras que foram desenhadas por Jake. Eles teriam sido feitos o mais tarde antes da interferência elétrica bizarra ocorrer.


"Ele estava desenhando essas coisas por dias. Ele nunca parava! Eu não gostava deles, algo estava errado quanto essas imagens. Ele nunca me disse que tinha um amigo imaginário, e ele não era o tipo de menino que precisava de um..."

A figura posicionada no lado direito da imagem é um pouco obscura. A sua altura é drasticamente maior do que tanto da árvore e quase a da casa. Suas pernas finas e "braços" balançando também são perturbadoramente desnaturais para uma pessoa. Como pode ser visto, eles estão de mãos dadas, por isso pensei que talvez seja a figura de alguém próximo da família. Ambos os pais negam qualquer influência externa para a inspiração da criança para os desenhos.

Jake nunca foi encontrado para grande sofrimento da família. Os desenhos foram mantidos como evidências e as investigações foram recentemente cessadas.





Fonte: DeviantArt

3 comentários: